Cidade Destaque Destaques Notícias Policial Região

Jovem com transtorno bipolar e depressão desaparece em Goiás

desaparecida

A jovem Alline Aparecida Borges, de 20 anos, está desaparecida desde a manhã de quarta-feira (29) na cidade de Palmelo, no sudeste de Goiás. A mãe dela, a dona de casa Aparecida Ferreira Fonseca dos Santos, 42, conta que está desesperada para encontrar a filha, que sofre de transtorno bipolar e depressão.

Segundo Aparecida, ela e filha moram em Catalão, e foram para Palmelo no último domingo (26) em busca de tratamento espiritual para a jovem, que já toma medicamentos para controlar os problemas de saúde. A mãe relata que as duas estão hospedadas na casa de apoio da cidade e que a filha foi vista pela última vez no local.

“Eu saí para ir até um centro espírita e, quando voltei, ela não estava mais lá. Ninguém a viu, não sabem dela e não encontro em lugar nenhum. Estou a pé, sozinha procurando por essa cidade que eu nem conheço, estou muito preocupada”, disse Aparecida.

Ainda conforme a mãe, a jovem já havia desaparecido uma vez, mas em Catalão, e foi encontrada na casa de uma amiga pouco tempo depois. Desta vez, no entanto, a mãe já registrou o desaparecimento na Polícia Civil, mas ainda não tem notícias da filha.

Investigação
O delegado responsável pelas investigações, Eduardo Miranda, afirmou que já mobilizou os policiais civis e militares da cidade para procurarem pela jovem, mas também não tem informações de onde ela pode estar.

“Estamos procurando por ela na cidade e na zona rural. Estamos divulgando a foto para que, se alguém a ver, que nos informe. Nossa preocupação, por enquanto, é ver se ela caiu em alguma vala, ou chegou até uma área de mato e se perdeu”, revelou.

O investigador pede que qualquer pessoa que tiver informações da jovem, que informe a delegacia de Santa Cruz de Goiás, também no sudeste do estado, que tem plantão 24 horas por meio do telefone (64) 3472-1116.

Publicidade

Mais Catalão

Mais Assuntos

Publicidade