Notícias

Coca-Cola publica resposta sobre caso de rato encontrado na garrafa da bebida

a

Nesta terça-feira (18), a Coca-Cola publicou um comunicado em resposta a um consumidor que afirma ter encontrado um rato dentro de uma garrafa lacrada.

O caso foi registrado por Wilson Batista Rezende em dezembro de 2000 e foi noticiado há dez dias na TV Record.

“Todos os nossos produtos são seguros e os ingredientes utilizados são aprovados pelos órgãos regulatórios, em um histórico de 127 anos de compromisso e respeito com os consumidores. Os nossos processos de fabricação e rígidos protocolos de controle de qualidade e higiene tornam impossível que um roedor entre em uma garrafa em nossas instalações fabris.

Lamentamos o estado de saúde do consumidor, mas reiteramos que o fato alegado não tem fundamento e é totalmente equivocada a associação entre o consumo do produto e o seu estado de saúde”, afirmou a publicação da Coca-Cola.

Wilson Batista explicou que comprou seis garrafas em um supermercado na cidade de São Paulo e ao consumir uma delas, “sentiu seus órgãos queimarem”.

“Ingeri meio gole de uma das seis garrafas de dois litros de Coca-Cola contaminada com restos de rato, e senti corroer meu esôfago, língua e estômago. Foi quando cuspi o restante para fora da boca, desesperado e com a indescritível ardência, literalmente por todo meu aparelho digestivo. Verifico o copo que me servi e percebo pequenos fios de pelos de ratos junto ao líquido”, contou Wilson no Facebook.

Luiz Gustavo Silva

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>